CIA DE TEATRO SÃO GENÉSIO: (19) 3897-5262

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 166
Cia de Teatro São Genésio

 A Cia de Teatro São Genésio Iniciou sua trajetória em 2006, quando um grupo de artistas formados pelas mais variadas academias se encontrou no Teatro de Kaminda (Hopi Hari), e todos perceberam que tiveram que sair do interior de seus estados para estudar e trabalhar com artes cênicas. A partir dessa constatação, resolveram se unir e criar uma companhia de teatro no interior com a mesma qualidade e capacidade técnica dos grupos das capitais, e que também fosse respeitado independente do local onde estivesse. Ate o ano de 2008, foi desenvolvido o  trabalho de pesquisa e preparação de projetos culturais. Em 2008 montou o espetáculo teatral “Minhas Criadas”, dirigido por Antônio Apolinário. Este espetáculo circulou em inúmeras cidades, tendo ganhado vários prêmios.

O grupo participou em 2010 do Festival de Curitiba e foi selecionada para o Circuito Cultural Paulista e Virada Cultural Paulista com o espetáculo Minhas Criadas pela Secretaria de Estado da Cultura.

Em 2010 a companhia realizou o espetáculo “Um presente para Ágatha” que estreou em 2011, com patrocínio da empresa Gerdau. Este espetáculo circulou com mais de 60 apresentações em todas as regiões do estado.
 
Em 2011, com o espetáculo “A HISTORIA DA CAIXA” , montagem da Companhia participou do 7º Festar (festival de teatro de Bernardino de Campos), onde ganhou os prêmios de Melhores Atrizes, Melhor Iluminação, Melhor Cenário/ Adereços.  Também foi convidada a integrar a programação do Festival de inverno de Poços de Caldas-MG. O espetáculo já circulou por todo o estado de São Paulo e Minas Gerais.

A cia possui ainda em seu portfólio infantil as montagens: “A historia da Cigarra e a Formiga”, “Com que Chapéu Eu vou”, “Clarabella”  e “O segredo da Caixa”.  Em 2013 estreou a montagem “Anonimato e morte de Doralinda Linda por Demais”,  espetáculo destinado ao publico adulto, que ganhou inúmeros festivais e premios.

A Companhia mantem uma parceria com o Centro Cultural Casa de Joana, que oferece oficina de teatro e oficina de circo para crianças. Desde 2006 conta com a participação voluntária de artistas de vários segmentos, que oferecem oficinas para a comunidade, gratuitas ou a preços populares, mantendo em todas as turmas alunos bolsistas, que frequentam normalmente as aulas, mesmo não dispondo de condições para pagar as mensalidades. Como a arrecadação com os alunos não suprem as necessidades básicas de manutenção da casa, mensalmente os gastos são repassados aos professores e gestores culturais que frequentam o espaço e se responsabilizam pelos gastos com aluguel, iluminação, telefone, etc...

O espaço oferece oficina de iniciação teatral para crianças e adolescentes, oficina de montagem teatral para adultos, oficina de gestão cultural, oficina de dança do ventre e aulas de teclado, bateria e violão.

Além das oficinas a casa abre mensalmente para realização de saraus que são realizados mensalmente desde 2009, onde artistas locais e convidados se apresentam gratuitamente para toda a comunidade.

Em 2010 a casa abriu espaço para o encontro sobre a discussão da proposta de modernização da LDA - Lei de Direito Autoral, feita pelo Ministério da Cultura. A reunião contou com representantes do Ministério da Cultura, Secretários Municipais de cultura e representantes da sociedade civil da região de Campinas e foi uma das poucas ocorridas no estado de São Paulo.

Em  2011 participou, apoiou e deu suporte a realização do 3º Fórum Paulista de Teatro do Interior, com presença de cerca de 80 grupos de teatro com trabalho continuo no estado de São Paulo, que foram a Hortolândia discutir e tirar metas para uma real implantação de politicas públicas na área de cultura no estado de São Paulo.

Ainda em 2011, a Biblioteca da casa foi contemplada pelo Edital 03/2011 da Biblioteca Nacional para aquisição de acervos. O espaço de leitura já conta com um numero de 2000 exemplares totalmente montado com doações dos próprios membros da casa, tendo portanto um bom acervo de livros relacionados a arte.

O centro cultural Casa de Joana em parceria com a Cia de teatro São Genésio e com a DZ7 Produções participou da Trilogia “ Três por Um” com três espetáculos adultos.

Realizou em 2012 o festival de teatro “NaLona”, em parceria com os grupos de teatro da cidade de Hortolândia: A Cia Canoa Encantada Teatro de Animação e a Cia fábulas. O evento ocorreu no mês de agosto de 2012 contou com a participação de 20 espetáculos de 18 grupos de 16 cidades, que apresentaram em Hortolândia seus trabalhos, divulgar sua cultura e interagiram com a comunidade. Houve um conjunto de sete oficinas, para profissionais e amadores (www.nalona.com.br).

Realizou em 2013 o festival de teatro “NaLona”, no mês de agosto que contou com a participação de 24 espetáculos 16 cidades e nove estados, que apresentaram em Hortolândia seus trabalhos, divulgar sua cultura e interagiram com a comunidade. Houve um conjunto de quatro oficinas, para profissionais e amadores (www.nalona.com.br).

Em 2014 a previsão é de participação de 36 grupos do brasil todo.

A Cia São Genésio, participa ativamente, através de seus membros da discussão para a implantação do SNC (Sistema Nacional de Cultura) na cidade de Hortolândia, participando do conselho municipal de cultura e sediando oficinas a cerca de sua construção.

O Centro cultural Casa de Joana e a Cia de Teatro São Genésio é reconhecido de utilidade publica municipal pela lei 2.634 de 17 de novembro de 2011.